Home > Religião > Umbanda > Salve as Almas!
Salve as Almas!
Em stock (últimas unidades)
€30.70
Envio gratuito para Portugal.
Entrega em 24h para encomendas pagas até às 15h, em Portugal continental.
Sinopse

O reencontro de almas num Centro de Umbanda, encarnadas e desencarnadas, traz à tona inúmeras ressonâncias das vidas passadas. Quando ressurgem na memória, são como fragmentos que se enredam em uma trama que buscamos, em vão, desemaranhar. Neste livro é narrada a jornada de um espírito errante e suas vivências pelos planos material e espiritual, contada por ele próprio e por seus afetos e desafetos. Todos temporariamente reunidos, compartilhando do mesmo som dos atabaques, dentro de um terreiro. "Assim como Maria acolhe em seus braços o filho, a tenda acolherá aos que a ela recorrerem nas horas de aflição; todas as entidades serão ouvidas, e nós aprenderemos com aqueles espíritos que souberem mais e ensinaremos aqueles que souberem menos e a nenhum viraremos as costas, nem diremos não, pois esta é a vontade do Pai" – Caboclo das 7 Encruzilhadas, ao anunciar a Umbanda, em 1908. 

ISBN: 9786588737941
Edição ou reimpressão: 2022
Editora: BesouroBox
Idioma: Português
Dimensões: 21 x 14 x 2 cm
Tipo de capa: Capa mole
Nº de páginas: 320
Tipo de produto: Livro
Peso: 308 g
Autor
Edna Mitiko Sasaki

Quando éramos crianças, minha irmã mais velha costumava dizer que iria viajar pelo mundo quando crescesse. Anos depois, ela foi fazer turismo e, de fato, viajou muito pelo mundo. Assim como ela, admirava e invejava as pessoas que tinham certeza do que queriam fazer na vida desde pequenos. Minha total falta de convicções me levou a experimentar de tudo em pouco e adquiri muitos hobbies nesta vida, tais como costurar desde menina, bordar, desenhar, praticar artes marciais, artes manuais, fotografar, fazer marcenaria e tantas outras coisas. Foi assim também que me graduei numa área tão ampla como as Ciências Sociais e fui ser servidora pública. Em meio a tantas inquietações existenciais ao longo da juventude, compartilhadas com minha terceira irmã, encontrei a Umbanda, que passou a nortear minhas escolhas a partir de então, pois passou a ser a segunda e única convicção que já tive até hoje. A primeira era de que minha terceira irmã era uma alma gêmea. Hoje concluo que aqueles que têm um mandato religioso em sua jornada, assim como eu, certamente está propenso a desenvolver inúmeras habilidades e quanto mais diversificadas forem as atividades, maior a capacidade empática para acolher a pluralidade de almas que chegam em busca de orientação e cuidados. Continuo admirando as pessoas que sabem e fazem o que querem nesta vida, mas admiro mais aquelas que, assim como eu, estão continuamente buscando outros caminhos para trilhar. Essa passou a ser a terceira convicção.

Ver todos os títulos
Avaliações (0)
Ainda não foi efectuada nenhuma avaliação!