Home > Espiritualidade > Haiawatha – O Mestre da Raça Vermelha
Haiawatha – O Mestre da Raça Vermelha
Esgotado
€27.10
Notificar-me quando houver stock
Envio gratuito para Portugal.
Entrega em 24h para encomendas pagas até às 15h, em Portugal continental.
Sinopse

 

“A Terra é a casa maior de todos os homens. Sob o céu do Grande Espírito não existe estrangeiros”

 

Haiawatha

 

Este capítulo inédito e autêntico da história oculta do continente americano foi retirado dos registros suprafísicos e recontado fielmente pelos autores. Haiawatha, o grande mestre da raça vermelha — que o mundo já conheceu sob outros nomes célebres — encarnou entre o povo iroquês para concretizar um extraordinário projeto de paz e universalismo, que se materializou na Federação Iroquesa, com a união das cinco nações desse povo. Ele deveria ser estendido a todas as nações e povos da Terra. Os elevados valores espirituais e éticos da raça vermelha — os toltecas emigrados da Atlântida — e a sua avançada organização socialista e fraterna, seu respeito inigualado à mãe-terra e todas as formas de vida, seu xamanismo e a visão espiritual, enfim, tudo o que a raça branca ignorou e ignora é resgatado nesta obra. Relatos de amor e ódio, nobre coragem e traições, forças xamânicas e magia das sombras, tecem, com o quotidiano do povo iroquês, o pano de fundo da luta pela Federação, no cenário de beleza intocada da Terra da Neve Branca — a América do Norte de séculos atrás. Esta obra desvenda a verdade sobre a extraordinária cultura dos peles-vermelhas, os filhos do Grande Espírito, que nunca olvidaram sua origem divina. Imprescindível a todos os espiritualistas bem informados, esse relato mostra a dimensão de uma futura proposta de convivência que aguarda a humanidade terrestre.

ISBN: 9788576180739
Edição ou reimpressão: 2ª Edição
Idioma: Português
Dimensões: 21 x 14 x 2,5 cm
Tipo de capa: Capa mole
Nº de páginas: 312
Tipo de produto: Livro
Peso: 352 g
Autor
Mariléa de Castro

A astróloga Mariléa de Castro é professora de português e literatura, e especialista em História da Arte e Literatura Infanto-Juvenil.
Ramatisiana desde o início dos anos 60, coordena o Grupo de Estudos Ramatís, de Porto Alegre. Trabalhou por 30 anos em grupos mediúnicos. coordenou o “Centro Universalista Karnac”, dirigiu a Gráfica e Editora Karnac e o restaurante vegetariano Irmão Sol, também em Porto Alegre. É palestrante em seminários e congressos espiritualistas; dá cursos de culinária vegatariana.

Ver todos os títulos
Roger Feraudy

Roger Feraudy, carioca de nascimento, reside desde 1961 em Petrópolis, Rio de Janeiro. Odontólogo aposentado, é mais conhecido por sua atuação na área artística e literária. Escritor versátil, com mais de uma dezena de obras publicadas, de prosa e poesia, algumas em sucessivas edições, é bastante conhecido especialmente pelos títulos “Serões do Pai Velho” (3ª ed.) e “Umbanda, essa Desconhecida” (3ª ed.), que já se tornaram clássicos da Umbanda Esotérica. Transita com facilidade por temas esotéricos diversos, como a origem do homem (“Religião e Cosmo”), os seres elementais (“Cyrne-História de uma Fada”), a Mãe do Mundo (“A Divina Mediadora”), extraterrestres (“Um Anjo está nas Ruas”) etc. Sensitivo de apurada percepção, pôde captar no campo extrafísico os registros com que compôs o romance ancestral verídico “A Terra das Araras Vermelhas”.
Com uma diversificada atuação na área musical, foi cantor profissional na década de 40. Nos anos 50/60 compôs música popular, e teve mais de 50 canções gravadas pelos maiores intérpretes da época, como Elizeth Cardoso (“Velhas Memórias”), Ângela Maria, Nora Ney, Dircinha Batista, Ivon Cury, Anisio Silva etc. Composições suas foram incluídas em filmes nacionais, como: “Desilusão”, com Anísio Silva, “Delicadeza” e “A Cara do Pai”, com Ivon Cury.

Ver todos os títulos
Avaliações (0)
Ainda não foi efectuada nenhuma avaliação!